Playtest do Quickstart Character Generator

Nesse sábado meu grupo finalmente jogou, pela primeira vez, a 3E. Ao mesmo tempo, jogamos no universo DC, e criamos todos os personagens aleatoriamente no QCG.
O que temos:

  1. Doutor mental, um psiquiatra com poderes psíquico capaz de controlar e "machucar" a mente do alvo
  2. Tonny Tornado, um velocista veterano, que chegou a trabalhar com a Sociedade da Justiça durante um curto período de tempo, e por isso é o único a ter o mesmo senso de heroísmo dos outros
  3. Mirrorboy, um inocente imitador, criado em laboratório para ser uma máquina de combate, capaz de copiar os poderes de qualquer criatura que puder perceber
  4. Avenger, um misterioso guerreiro vindo do futuro, mestre no uso de sua metralhadora especial
  5. Iaman, um demônio tentador, habitante de pântanos, que deseja se vingar de outro demônio que o traiu
  6. Cosmos, um multimilionário dono de indústrias de bebida, playboy e cafajeste, com superforça e controle limitado de gravidade, para dar super-saltos e se mover através de prédios se balançando.
  7. Valve, um engenhoqueiro milionário, com uma armadura capaz de executar uma grande porção de poderes
Todos os personagens gerados saíram perfeitamente equilibrados e variados. Aparentemente, a aleatoriedade favoreceu o grupo, já que eles se completam bem em termos de habilidades.

O combate que teve, contra Solomon Grundy, transcorreu bem. Para evitar que as coisas ficassem muito demoradas, reduzi a Toughness do Grundy para 15, já que a normal é alta demais para um grupo de NP 10.

Nenhum jogador teve o que reclamar de sua ficha, exceto pelo Doutor Mental, que ganhou a vantagem "Power Attack", mas todos os seus poderes são de alcance Percepção, então ele não tem necessidade de rolagens de ataque. Permiti a ele trocar a vantagem, e todo o resto transcorreu bem.

Cada uma das fichas saiu em menos de 5 minutos, o que agilizou bastante o início do jogo. Estou, sem dúvida alguma, impressionado com este trabalho da Green Ronin. É um suplemento que valeu o custo.

Não vou usá-lo sempre, considerando que, por mais que o número de personagens gerado seja enorme, não existe tanta flexibilidade quanto criar as fichas do zero. Porém, sempre que estivermos sem inspiração para novos personagens, tudo o que precisaremos fazer é rolar alguns dados.

Comentários

  1. Pow ta faltando fazer o meu!! =)

    gostei ta show!!

    =*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentem à vontade. Não me responsabilizo por comentários potencialmente ofensivos (mas apagarei se por acaso ver um).

Postagens mais visitadas deste blog

Sinto muito, mas GURPS não é bom

Em defesa do New School

Conflitos não-combativos