Diário de campanha - Febre do Gamânio (1ª e 2ª sessões)

"Febre do Gamânio" é a campanha de super-heróis que atualmente estou mestrando. Se passa na cidade fictícia de "Megalópole" (sim, notoriamente inspirada na "Metrópolis" do Superman). Nesta campanha, todos os superpoderes têm alguma origem alienígena ou científica. Os protagonistas são:

  • C.A.I.N. (Metalbolt): Inteligência robótica criada pelo "Midnight Council", uma empresa privada que usa como fachada Pesquisa & Desenvolvimento, mas na prática é um órgão privado de combate a "irregulares" (alienígenas e outros seres superpoderosos). C.A.I.N. é feito de um metal raro conhecido como "gamânio", com propriedades misteriosas, entre elas a capacidade de auto-regeneração (o que o fez ter inteligência orgânica). Tem três formas diferentes, o que o dá uma gama de poderes bem variável.
  • Lynch - Agente de elite da CIA, encarregado de investigações e combate a aliens intrusos. Tem um passado e vida misteriosos. Não tem super-poderes.
  • Aang - Alien de uma raça de "enguias" absurdamente parecidas com seres-humanos (exceto por escamas no peito), com poderes elétricos, telecinéticos e telepatas. Veio à Terra em busca de seu irmão (um NPC), que por sua vez é um policial procurando o vilão conhecido como "Kenson".
  • James Taylor - Caçador de recompensas alienígena, detentor de um dispositivo capaz de transformar o dono em 4 aliens diferentes, aleatoriamente, por um curto período de tempo. Foi contratado para caçar Kenson
  • Gwyneth Sirian (Uyaruj) - alien de 4 braços e dona de poderosos efeitos mentais. Caiu na Terra há bastante tempo, transformou sua nave numa torre em Megalópole e construiu uma poderosa fortuna ajudando o governo com conhecimento alienígena. Em certos casos atua diretamente nos conflitos contra os aliens. Para se infiltrar entre os humanos, Sirian tem um anel especial que a transforma numa humana.

1ª sessão: Escape


Taylor recebeu a notícia de que um bandido perigosíssimo fugira de uma prisão de segurança máxima, e o contrataram por uma boa quantia em créditos.

Enquanto isso, na Terra, uma criatura escapa do confinamento na área 51. Uma criatura grande (da altura de um caminhão), verde, com espinhos pelo corpo (parecidos com os do Doomsday), forte e quase invulnerável.

O exército foi chamado para detê-la, mas nem tanques de guerra pareciam ter alguma chance. Os canhões nem a arranhavam, e ela os esmagava como se fossem baratas.

Metalbolt, que por coincidência estava acessando satélites do governo, ficou sabendo do ocorrido e foi com super-velocidade ajudar.

Lynch e Sirian foram chamados pelo próprio exército.

Um duro combate foi travado. O poder da criatura excedia até o dos heróis, que mal conseguiam machucá-la. Lynch, porém, conseguia tirar maior proveito dos tiros dos tanques de guerra melhor que os próprios soldados (em termos de jogo, usava Ataque Poderoso). Metalbolt conseguiu agarrar a criatura, em sua forma forte. No meio do combate, Taylor surgiu e ajuda o grupo.

E finalmente Sirian desfere ataques à mente da criatura, que após muito se debater teve a cabeça explodida pela força mental da alien.

Depois do combate, uma figura aparece no deserto: general Joseph Krauss, que revela que Kenson libertou a criatura (afinal, uma criatura com uma inteligência tão baixa não seria capaz de escapar sozinha). Krauss acompanha o grupo até a torre de Sirian, e tem uma longa conversa sobre os objetivos de Kenson, e detalha que Kenson é de uma raça tão evoluída mentalmente que são seres sem corpo, apenas cérebro, e que está na Terra por saber que há uma fonte de gamânio nela. Depois, vai embora tão misteriosamente quanto chegou.

Sirian tenta localizar Kenson telepaticamente, sem sucesso.

2ª sessão: Acidente


Uma nave cai nos limites de Megalópole. Lynch e Metalbolt começam a tentar descobrir quem seria o dono, até resolverem ver com os próprios olhos. Ao chegar lá, deparam-se com Aang, que revela estar atrás de seu irmão, um dos guardas que vigiavam Kenson quando este escapou.

Lynch faz um trato com Aang: que o ajudaria a achar seu irmão, se Aang ajudasse a encontrar Kenson.

Enquanto isso, Sirian descobre que um banco acabou de ser roubado. Metalbolt sabe que tal banco era usado pelo Midnight council para armazenar gamânio.

Quando chegam lá, percebem que os assaltantes já foram. Porém, conseguem descobrir que eles escaparam por baixo da terra, e os perseguem até uma base secreta.

Lá, derrotam alguns robôs que estavam com o carregamento de gamânio até outra sala.

Metalbolt tenta se infiltrar no restante da base, e vê uma reunião de um exército dos mesmos robôs com Kenson, que chama os robôs de "Alpha Soldiers". Metalbolt ouve que eles planejam um assalto à cidade de Ideo, volta e alerta o grupo para irem para lá.


(Essa sessão foi interrompida por aniversário e pizza, então parou aqui).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sinto muito, mas GURPS não é bom

Em defesa do New School

Conflitos não-combativos