Ideia de campanhas paralelas


Depois de um longo tempo inativo, eis que ressucito o Adepto do Heroísmo!

Estava com bastante dificuldade para ter contato com RPG e mesmo com a internet, então fazer atualizações - ou mesmo ter ideias para elas - estava uma dificuldade. Resolvi me dar férias do blog até as coisas da vida real se estabilizarem. Espero que estejam mais estáveis, agora.



Assim como estava inativo do blog, estava sem ideias para mestrar. Faz bastante tempo que não faço uma aventura decente, mas a enxurrada de filmes de super-heróis me deu uma nova inspiração, especialmente com os filmes da Marvel.

Minha nova ideia de campanha começou como algo bem tradicional: os jogadores são os primeiros personagens com superpoderes a surgirem em público.

Não é uma ideia nova. Pelo contrário, esse tipo de ideia já foi reciclada uma porção de vezes (inclusive agora, pelo novo Universo da DC Comics).

Porém eu disse que havia "super-heróis" de guerra. Nenhum capaz de voar ou ricochetear balas com o peito, e sim algo como o Capitão América: supersoldados ou equivalentes.

Até aí, a ideia não é original. A Marvel nos cinemas fez a mesma coisa. O diferencial foi uma ideia que tive mais tarde: os jogadores terão, cada um, dois personagens. Um na Segunda Guerra, atuando como supersoldados de seus respectivos países, e outro nos tempos modernos, como os primeiros heróis com poderes.

A ação dos personagens no passado vai trazer consequências para os personagens do presente, e alguns grupos de vilões que iniciaram na Segunda Guerra podem vir a ressurgir.

É uma ideia bem simples, mas vai me permitir narrar dois climas de campanha completamente distintos: um mais semelhante à Era de Ouro, com o clima de novidade, seus gângsters, sua xenofobia e o clima constante de guerra. E outro como a Era Moderna, com o seu fascínio, seus símbolos e sua inspiração.

Vou começar com aventuras-solo para cada personagem, para depois uni-los nos seus respectivos grupos. Os personagens da Segunda Guerra serão NP 8, e os do presente serão NP 10.

Postarei qualquer novidade em termos de ideia quando a campanha começar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sinto muito, mas GURPS não é bom

Em defesa do New School

Conflitos não-combativos